NATAL DO ILÊ ORIXÁ

ROMPE SUAS FRONTEIRAS

 

Após a festa de Natal nas dependências do Ilê Orixá, neste ano, o que sobrou de doces e brinquedos foi distribuído aos moradores da periferia da Vila Rica e Vila Maria, comunidades próximas ao Ilê Orixá, atendendo desta forma uma grande quantidade de pessoas além das que foram diretamente ao Ilê.

Foi um contato porta a porta, que fez com que tivessemos um contato direto com os moradores em suas casas, além das fronteiras do Ilê. Isso faz com que se sinta as dificuldades e angústias de cada um, os seus problemas, faz com que todos percebam alguns problemas sociais diretamente, com isso saímos da zona de conforto.

Percebia-se o carinho pelo Ilê, quando chamavam, quando diziam que tinham ido na festa e também quando pediam algum brinquedo ou doces para irmãos que não puderam estar na festa. Isso tudo demonstra o quanto a comunidade local abraçou o Ilê Orixá.

Embora o Natal seja uma festa cristã, nós do Ilê Orixá entendemos o natal como uma possiblidade de abertura do Ilê a aqueles que precisam, além de mostrar que a religião africana é amor é carinho e solidariedade.

Toda a casa de axé deve sempre que possível abrir suas portas para ajudar em atividades sociais a comunidade onde está inserido, mostrar para a população que um terreiro pode ser um local de resgate da cidadania, de ajuda social e de união.

Ao contrário do que algumas casas fazem mostrar um lado negativo da religião, devem somar as suas forças para ajudar, para melhorar a cada dia mais o ser humano, pois a religião pode e deve ser utilizada para fazer o bem, para ajudar, para servir e para tornar o mundo um lugar melhor para se viver.

Pai Ronie e Pai Alexandre agradecem profundamente todos os filhos e amigos do axé que enfrentaram a chuva e o barro para fazer a entrega dos doces e brinquedos que sobraram da festa de natal, que já neste o Ilê Orixá estava determinado a não guardar nenhum brinquedo ou doce, pois todos teriam que serem distribuídos.

Auxiliaram nesta atividade os filhos do axé, Michele de Obá, Cláudia de Iemanjá, Filipe de Ogum, Divina de Oxum, Cleber de Ossanha, Gisele de Iança, Sheila de Bará, Janaina de Iança, Edgar de Xangô, Érica de Oya e o amigo do axé Jorge. Que a alegria que sentida por cada criança que foi atendida sempre esteja ao lado de cada um de vocês.

Veja também [Ilê Orixá serve lanches no Natal das Crianças] [Papai Noel faz a festa no Ilê Orixá]

 

 

Tweetar

Publicado em 06/01/2015