Ritual de Batismo nos moldes yorubá de Joaquim

(Isomoloru)

Na tradição judaico-cristã o batismo é um ato de purificação, pois ao ser batizada a criança é limpa dos pecados originais, cometidos por seus antepassados Adão e eva. Na concepção yorubá o batismo não possui estes significados, primeiramente porque não existe a idéia de pecado. Além disso o batismo para o culto africano em especial no batuque possui por finalidade apresentar a criança ao elementos sagrados determinados e consulta ao oráculo, que após pronunciados os ofós adequados criam uma esfera de proteção e amparo, dando condições da criança ser realizadora do que foi pronunciado.

"0 isomoloru:o a cerimônia de batismo é um aspecto muito importante entre os Yoruba. Este eveento é acompanhado de muita festividade. Na cultura Yoruba, o nome é normalmente dado a crianças no oitavo dia de vida, ou seja, uma semana após o nascimento. É exatamente neste dia que a criança é apresentada para o público pela primeira vez; a razão pelo nome ikomojade, trazendo a criança para  o público". (Atinúké, 2009)

Desta maneira chamamos o rito de batismo de isomoloru e o rito de dar o nome a criança de ikomojade. O batismo faz com que a criança seja inserida no meio social religioso da sociedade africana, não é iniciada, mas fica protegida, pois os seus ancestrais e orixás sabem qu devem cuidá-la, a prservando de todo malefício e dando condições de seu ori ser vencedor. No último dia 09 de dezembro (sexta), Pai Alexandre de Oya Tofã, efetuou o rito de batismo de VITOR JOAQUIM DA SILVA SCOPPEL, nascido em 12 de novembro de 2016, filho de Volnei Sandro Scoppel e Vanize Lopes da Silva, tendo sido apadrinhado no rito Pai Ronie de Ogum Adioko.

Foram utilizados os seguintes elementos rituais por ocasiçao do batismo (lembrando que a cada novo batismo os elementos podem mudar, de acordo com determinação de ifá):

Omi
(Oruko omo) omi ni Yi.
Omi ni 'nmú ayé tòró,
Oun ni a nlo fun gbogbo nka làyé,
Omi ko ni pa e lórí,
Omi ko si ni gbé é lo,
Bi omi ba balè,
Omi a lépá, wa lépá owó, olá, omo
A ki 'nba omj sòtá,
Ki a borí,
Wa borí òtá re o,
Omi ni npa iná,
Wa paná òkè ìsòro ayé.

Água
(Nome da criança), aqui esta a água.
Água é o que faz a vida se harmonizar.
Água é o que se usa para tudo na vida.
Ao beber água você não vai se engasgar.
A água não provocara sua morte, você não morrera afogado.
Quando a água cai na terra, deixa sua marca.
Dessa forma sua vida será marcada
Por dinheiro, prosperidade e filhos.
Quem faz inimizade com a água,
Não a vence.
Você vencerá seus inimigos.
E a água que apaga a ira do fogo.
Você superará as dificuldades da vida.

Oyin
(Oruko omo) oyin ni yi o.
Ki ayé re dùn títí bi oyin,
Dindun didun ni a maa nba afárá oyin,
Aye re yio maa dun,
A ko ni ri oun ibàjé ni ile aye re.

Mel
(Nome da criança), aqui esta o mel.
Para que sua vida seja eternamente doce.
O favo de mel e sempre doce.
Sua vida será sempre doce.
Você não terá dificuldades insuperáveis.

Epo
(Oruko omo) epo ni yi.
Àsodèro ni,
Aye re yoo léro
Wa ni orò sówó, sáyo, ati si alafia.

Azeite de dendê
(Nome da criança), aqui está o dendê.
É ele que harmoniza a vida.
Sua vida será harmoniosa.
Você terá harmonia, dinheiro,
Prosperidade, felicidade e saúde

Iyo
(Oruko omo) iyo ni yi.
Iyo ki nba nkan je,
O ntun nkan se ni,
O ni si nidi bàjé bàjé,
Iyo ki de inu ounje ki o ma dun,
Bi o ti se de si arin awon obi re yi,
Aye won a dun,
Won o mo e si olá,
Won 0 mo e si ire,
Àfékárí aye ni a nfe iyò,
Terú tomo yoo fe o kárí ayé..

Sal
(Nome da criança), aqui esta o sal.
O sal não estraga os alimentos.
Ele os conserva.
Você não estará no local onde as coisas se estragam.
Quando ha sal numa comida
Ela se torna saborosa.
Agora que ha você na vida de seus pais,
A vida deles terá sabor.
Eles terão você como aquele que traz prosperidade.
Eles terão você como aquele que traz o bem-estar.
Toda humanidade aceita o sal e gosta dele.
Toda humanidade o aceitara e gostará de você.

Ireke
(Oruko omo), ireke ni yi.
Ki aye re ni adún,
Ki aye re ni ayò,
Ki aye re ni olá.

Cana de açúcar:
(Nome da criança), aqui está a cana de açúcar.
Para que sua vida tenha alegria,
Para que sua vida tenha felicidade,
Para que sua vida tenha prosperidade

Ogbi
(Oruko omo), ogbì ni yi o o.
Ogbi ni 'nbe; ikú,
Ogbi ni nbe; arùn,
Ogbi ni nbe; ejó,
Oun naa ni nbe òtá,
A ba e, be gbogbo ohun buruku lie aye.

Obi
(Nome da criança), aqui esta o obi.
É o obi que aplaca a ira da morte.
É o obi que aplaca a ira da doença.
É o obi que aplaca a intriga.
É ele também que afasta inimigos e perseguições.
Ele afastará de você todo o mal que existe neste mundo.

Orogbo
(Oruko omo), orógbó re o
Orógbó ni ngbo eni sáyé
Wa gbo, wa tó Iáyé,
Ki o to lo si ibi tiàgbà 'nrè,
Aye o ni se e ni àbíkú fun awo òbí re.

Orogbo
(Nome da criança), aqui esta o orogbo para você.
É o orogbo que traz longevidade.
Você terá longa vida aqui
Antes de ir para o local aonde vão os anciãos.
As pessoas do mundo não farão de você um abiku para seus pais.

Eja
(Oruko omo), eja ni Yi.
Ori ni eja fi ‘nla bú
Eja ni ‘nborí omi,
Iwo (Oruko omo) o maa bori isoro iwaju re.

Peixe (Nome da criança), aqui esta o peixe.
E com a cabeça que o peixe atravessa
as profundezas das águas.
O peixe vence a água.
Você, (nome da criança), vai superar todas as dificuldades que aparecerem em seu caminho.

REFERÊNCIA

ATINÚKÉ. A cerimônia de batismo, nomes yorubá e a concepção da morte na cultura yorùbá. 2009: Instituto Yorubá, Belo Horizonte.

Tweetar

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - Ilê Orixá -2011 - Designer e Texto Ronie de Ogum Onire

Publicado em 29/12/16 - Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.