Oficina sobre Axé de Pena

O axé Ilê Orixá se mobilizou no dia 06 de setembro, data de aniversário de Oya Tofã de Pai Alexandre, para mais uma oficina sobre religiosidade. Na ocasião foi ensinado aos filhos do axé como se faz o axé de pena e a coroação em cada caso, quando se realiza um corte aos Orixás. A religião se aprende fazendo, e estas oficinas de aprendizagem servem para difundir o conhecimento entre os integrantes do Ilê.

A Oficina foi conduzida por Pai Ronie de Ogum e Pai Alexandre de Oya, que explicaram sobre a importância da realização da coroação e como esta deve ser realizada.

Primeiramete foi esclarecido que a religião africana é extremamente ritualística e que estes rituais todos são importantes e devem ser seguidos, pois são nos detalhes que se faz a diferença. É importante que todos aprendam, e saibam como a religião está fundamentada em cada Casa de axé, pois existem pontos em comum, mas tabém muitos pontos que se diferenciam.

Durante o encontro foi esclarecido que após o corte, inicia-se o axé de pena e a coroação da obrigação, que deve sempre ser feito de acordo com o axé do Orixá, 6 para Xangô, 8 para os Orixás de praia e 7 para os demais Orixás.

Todas as aves que são cortadas devem vir acompanhadas de plumas do peito e penas das asas, sempre de acordo com o axé do Orixá. Para as penas das asas deve-se cuidar para retirar uma parte das penas de cada asa, a metade de cada lado quando possível.

Aos Orixás que são oferecidos galos os oficineiros aprenderam que deve-se retirar todas as penas do rabo, e que todas as penas devem estar no memo sentido, pois irão ficar de pé no prato, sobre o pão que é colocado em todos os pratos onde se corta.

Esta oficina ocorreu com o corte de duas aves, uma para o Orixá Obá e outra para o Orixá Xapanã, pois apesar de muitas obrigações já realizadas dentro do axé, sempre é importante um momento de fortalecimento do aprendizado e se aprende fazendo. A ave para Obá foi cortada por Pai Ronie e a de Xapanã por Pai Alexandre.

Estiveram presentes nesta Oficina:

Adriana de Iança

Adriano de Xangô

Alice

Alexandre Dutra de Oxalá Bocum

Alessandra de Iemanjá

Cleber de Ossanha

Divina de Oxum Demum

Edgar de Xangô Godô

Elizângela de Oya

Felipe de Ogum

Marcelo de Xangô Godô

Marcelo de Ogum Onira

Michele de Obá

Gisele de Iança

Henrique Teixeira

Heloisa

Henrique de Xangô Aganju

Ingrid

Janaina de Oya

Sheila de Bará Lanã

Terezinha de Oxum Pandá

Vitória de Xangô

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - A apropriação indevida é crime.

* Texto escrito por Pai Ronie de Ogum , não autorizada a publicação em outros meios. Publicado em 09/09/2014

 Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. 

Ilê Orixá -2011 - 2014 Designer Pai Ronie Ogum Onire Tweetar