FILHOS DE OBRIGAÇÃO

Durante o Toque em Homenagem ao Orixá Ogum, foram apresentados os filhos que cumpriram preceitos de assentamento de seus orixás no dia 08 de outubro, mesma data que Pai Ronie cortou para os seus orixás. Foram assentados orixás dos filhos: Adriana de Iansã (Sapucaia) , Alessandra de Iemanjá (Sapucaia) , Cátia de Iansã (Capão da Canoa), Elizangela de Oya (Gravataí)e Edgar de Xangô (Gravataí), que se prepararam desde o início do ano para esta obrigação, com reuniões e oficinas para terem condições de realizar a obrigação com pleno êxito e sucesso.

Realizar assentamento de orixá não é para aqueles que querem, e sim para os que efetivamente se dedicam para aprender, para crescer na religião, para se desenvolver e para dar condições que novos iniciados sigam o legado que lhe é transmitido, pois de nada adianta ser iniciado, ser pronto dentro da religião dos orixás se não se tem condições de transmitir este conhecimento adiante.

Foram os primeiros orixás a serem assentados no Ilê Orixá desde a sua fundação, expandindo o axé da casa e levando o axé para além das fronteiras do terreiro. Realizar o assentamento dos orixás é ter a certeza que o axé será transmitido, que o axé será perpetuado, que todos os orixás, em especial o orixá de cada um dos filhos que se aprontou seja para trazer axé de saíude, prosperidade, união e fartura a todos.

Veja também: Abertura do Bará / Chamada aos Orixás / Decoração externa / Momentos de descontração /

Quarto de santo / Filhos de obrigação / Axé da balança / Família e amigos

Tweetar

 

 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - Ilê Orixá -2011 - Designer Ronie Ogum Onire

Publicado em 21/11/2015

 Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.