Parte da família religiosa do Ilê Orixá

Família Ilê Orixá: uma fortaleza de fé e força

Nenhum de nós tem direito de escolher a família sanguínea que iremos nascer (sem entrar no mérito da escolha de ori) mas todos podemos escolher a que família religiosa que iremos pertencer. Família religiosa existem de vários tipos, formadas na pobreza, ou na riqueza, de Oyo, de Jeje, de Cabinda, de Nagô, de Oyo com Jeje, de Ijexá, dos mais variados tipos de Candomblé, existem famílias que estão sempre em uma mesma sintonia (estas crescem) e existem famílias formadas na discórdia (estas não prosperam), e existe a família ILÊ ORIXÁ, que de nenhuma forma é melhor que outras, mas é simplesmente ela.

A família Ilê Orixá é formada por pessoas que já passaram por diversos tipos de famílias, e também por pessoas que nunca tiveram uma família religiosa, e que hoje fazem com que esta família seja uma fortaleza de fé, de força, de conquistas, de axé. Família construída por dezenas de pessoas que acreditaram e que acreditam neste axé, que se fortalece a cada dia, constituído por valores como garra, fé, força, união, respeito, carinho, foco e união.

A família Ilê Orixá mostra que sempre se pode fazer um amanhã melhor, uma vida melhor, e o culto ao sagrado de forma simples, humilde e correta. Ninguém precisa dizer o que fazemos, ninguém precisa dizer o que se deveria fazer pois para poder dizer, para poder falar tem que fazer melhor. E quem faz melhor, quem faz o correto? Como saber? Em nossa religião o correto e o errado estão sempre lado a lado, e para saber se se faz certo ou errado basta olhar a vida do filho, da família religiosa, pois orixá mostra sempre a verdade na transformação da vida dos filhos.

Abaixo fotos, de alguns dos filhos, netos e bisnetos do axé, que formam este axé, esta fortaleza que muitos tentam entender, mas que para saber tem que estar, tem que viver ele, tem que participar, pois não se pode compreender um axé sem estar nele.

Pai Ronie de Ogum Adioko e Pai Alexandre de Oya Tofã desejam os mais sinceros sentimentos de gratidão a todos que formam esta grande família, desejando prosperidade, sucesso, harmonia, saúde e axé de fortaleza de Ogum Adioko e Oya Tofã.

Filhos de Pai Ronie e seus netos, filhos de Mãe Alessandra Alguns filhos e netos de Pai Ronie de Ogum Alguns e netos de Pai Alexandre de Oya
Zulamir de Oxum e Jorge de Ogum, filhos de Pai Alexandre Janaína de Oxum, Caroline de Iemanjá e Rosa de Ogum , filhas de Mãe Alessandra, filha de Pai Ronie de Ogum Vanize de Odé e Volney de Ogum, filhos de Pai Alexandre, com as crianças Franciele e Joaquim
Israrel de Ogum, filho de Pai Ronie e Luana de Xapanã, filha de Pai Alexandre Doliris de Iansã, filha de Pai Alexandre Mariza de Oxum e Cristiano de Odé, filhos de Pai Alexandre, juntamente com
Divina de Oxum, filha de Pai Ronie com Cleber de Ossanha, filho de Pai Alexandre Silvana de Xangô, filha de Pai Alexandre Érica de Oya, filha de Pai Alexandre
Mãe Carmem de Oxum, filha de Pai Alexandre Terezinha de Oxum, filha de Pai Ronie Elizangela de Oya, filha de Pai Ronie e Alice
Cátia de Oya, Alisson de OXalá, filhos de Pai Ronie e Andrei de Orumilaia filho de Alexandre, a esquerda Anderson de Xangô Fabiana de Oxum e Marcela de Oxum, filhas de Pai Alexandre Mãe Carmem de Oxum ao centro
Gregory de Ogum, filho de Pai Ronie Adilsom de Ogum, filho de Pai Ronie Yanzer de Xangô, filho de Pai Ronie Laércio de Xapanã, filho de Pai Ronie
Marcelo de Xangô, filho de Pai Ronie Cristiano de Xangô, filho de Mãe Carmem de Oxum, neto de Pai Alexandre Luiz filho de Mãe Alessandra Ygor de Odé, filho de Pai Ronie
Ingrid de Xapanã Cristiane de Ogum, filha de Mãe Fabiana de Oxum, neta de Pai Alexandre ao centro Letícia de Oya, filha de Pai Alexandre, João de Xangô (em pé), filho de Pai Ronie e as crianças Joaquim, Alice, Yuri e Isadora
Sabrine de Oxum Ana de Orumilaia filha de Pai Ronie Alessandra de Oxalá
Elizete de Oxum, filha de Pai Ronie Alissa de Oya, filha de Pai Alexandre Júlia de Oya, filha de Pai Alexandre Juan de Oxum, filho de Mãe Carmem, neto de Pai Alexandre

Tweetar

O início de tudo com Bará / Apenas uma conversa com o sagrado / Carinho e fartura decoraram o quarto de santo /

Família Ilê Orixá: uma fortaleza de fé e força

/ Apresentação dos filhos de obrigação dos filhos do axé / Balança para confirmar a obrigação /

Decoração externa do terreiro Ilê Orixá / Alguns amigos que estiveram presentes nos 11 anos de Ogum Adioko /

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - Ilê Orixá -2011 - Designer e Texto Ronie de Ogum Onire

Publicado em 27/11/16 - Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.