Alguns amigos e convidados

Poder compartilhar alguns momentos de fé ao lado de pessoas que gostamos é sem dúvida um momento de extrema alegria para uma família religiosa. Nós do Ilê Orixá ficamos felizes em poder compartilhar esses momentos ao dessas pessoas. A religião africana não é possível de ser pensada de forma isolada, é necessário que se pense no conjunto da toda a comunidade a sua volta e a comunidade batuqueira.

Uma festa de batuque além de ser um momento de exaltação dos Orixás é uma forma de reencontrar amigos que construímos em nossa caminhada, que acompanham nossos passos.

Não se faz religião sozinho, por isso é comum os amidos de axé visitarem as casas uns dos outros, como forma de cumprimentar o Orixá e ajudar.

Nas aldeias africanas, quando existe festa para um Orixá é comum toda a comunidade a volta participar da festividade a fim de partilharem da comida e do axé.

O Orixá é o mesmo em todas as casas, desta forma quando o saudamos um Orixá em outros Ilês, de certa forma também estamos saudando nosso Orixá.

Os amigos da religião é quem ajudam a orientar a casa em sua essência, no seu cotidiano, nos aproximamos das pessoa que possuímos maior afinidade, aquelas que parecemos e admiramos.

 
Tweetar

Atualizado em 30/06/2014

| Abertura Bará | Amigos e convidados | Ogum Adioko comemora 7 anos | Decoração |

| Filhos de Obrigação | Filhos do Axé | Fotos da roda | Homenagem Mãe joice


É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - A apropriação indevida é crime.

* Texto escrito por Pai Ronie de Ogum , não autorizada a publicação em outros meios. Publicado em 05/11/2012 Revisão em 11/11/2012

 Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. 

Ilê Orixá -2011 - Designer Pai Ronie Ogum Onire