Filhos do Axé

Em uma concepção mais simplista os filhos de um axé são uma expansão da forma de pensar dos dirigentes, pois um Ilê é formado por pessoas das mais variadas culturas e classes sociais que possuem um objetivo em comum, neste caso experimentar a culto a religião dos Orixás.

Ser filho de um Ilê significa que se identifica com o pensar dos dirigentes. O Ilê Orixá forma uma família religiosa solifificada na fé aos Orixás, na ajuda ao próximo, sustentada no amplo conjunto de atividades sociais realizadas durante o ano.

E na melhora do ser humano a partir dos valores éticos da sociedade para construirmlos seres humanos mais íntegros e mais comprometidos.

Pai Ronie de Ogum Adioko e Pai Alexandre de Oya Tofã agradecem a todos os filhos do axé que possibilitaram que o toque em Homenagem ao Orixá Ogum Adioko ocorresse com sucesso.

A todos os filhos, anônimos ou não, que de alguma maneira ou outra estiveram presentes.

O Ilê Orixá agradece a todos os a todos os filhos do Ilê Orixá, pelas horas dedicadas a obrigação, pela horas mal dormidas, pelo respeito com todos, para que toda a obrigação ocorresse com êxito. Em especial, agradeço a Sheila Teixeira de Bará Lanã, a Marcelo De Souza Moraes de Ogum, a Elisângela de Oya, Rosângela de Xapanã,Cláudia Cardias Levandovski de Iemanja e Gisele Teixeira de Iansã. Que se sacrifiram por mais, para que a obrigação fosse perfeita.

Que todos os Orixás lhes retribuam, e que o Orixá Ogum, patrono no Toque realizado, retribua milhares de vezes todo o esforço realizado. E que esta obrigação seja para trazer muita prosperidade e sucesso a todos os participantes. Um grande axé a todos. Muito Obrigado.

Que todos os Orixás cubram de muito axé, felicidades e prosperidade todos da família Ilê Orixá.

 

| Abertura Bará | Amigos e convidados | Ogum Adioko comemora 7 anos | Decoração |

| Filhos de Obrigação | Filhos do Axé | Fotos da roda | Homenagem Mãe joice

 

Tweetar

Atualizado em 30/06/2014

 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - A apropriação indevida é crime.

* Texto escrito por Pai Ronie de Ogum , não autorizada a publicação em outros meios. Publicado em 05/11/2012

 Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. 

Ilê Orixá -2011 - Designer Pai Ronie Ogum Onire