Chamado aos Orixás

em Toque de Terminação

 

Pai Alexandre de Oya Tofã, acompahado de Pai Ronie de Ogum Adioko e Mãe Fernanda de Xangô Aganju Fumilayo realizou o chamado aos orixás no batuque de terminação que ocorreu no dia 19 de dezembro.

Chamar os orixás não consiste como algumas pessoas não iniciadas podem pensar, em fazer com que venham ao local, pois o orixá sempre está presente, sempre escuta seus filhos e sempre está pronto para ajudar quando seus filhos pedem. Chamar os orixás, antes do início significa pedir sua ajuda, pedir sua benção e pedir também que receba nosso carinho, nossos pedidos e nossas súplicas, e também pedir sua autorização para que o ritual seja feito, de acordo com sua vontade.

O orixá não busca em ninguém presentes, agrados ou trocas, busca simplesmente a fé, acreditar nele e compreender que ele sempre sabe o melhor para nós, ser do axé é entender isso, chamar os orixás é pedir também para que ele tome conta de nossa vida, que nos oriente e que nos faça cada vez pessoas melhores.

Orixá nenhum vai fazer com que nunca tenhamos problemas, pois onde vivemos isso faz parte, mas com certeza ao seu lado e com sua ajuda, tudo fica mais fácil, pois o orixá não abandona nunca o seu filho.

Pai Alexandre de Oya e Pai Ronie de Ogum desejam que a cada um que seu orixá cuide de você, os tornando seres humanos cada vez melhores, e especialmente que Oya Tofã possibilite ventos de harmonia, saúde e prosperidade a todos.

Chamado aos Orixás em Toque de Terminação / Abertura na rua para Bará Exú / Axé da Balança / Decoração do Quarto de Santo /

A dança durante a roda / Alguns dos amigos do axé / Variedade e fartura

Tweetar

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - Ilê Orixá -2011 - Designer Ronie Ogum Onire

Publicado em 28/01/16 -  Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.