Emoção e fé na dança aos orixás

 

Foi com muita emoção, fé e alegria que se dançou de pés descalço para os orixás durante o toque de terminação, da obrigação que comemorou os 10 anos de Oya Tofã e obrigação de seus filhos, mostrando a força do axé, a força da fortaleza construída através da fé, da verdade e ações corretas.

Muita emoção pois foram os primeiros filhos de Pai Alexandre que realizaram assentamento de orixás, a primeira obrigação em que ele fez entrega de axés e também a primeira obrigação que Oya Tofã comeu pelas suas mãos. E somente a fé é capaz de construir esta fortaleza que hoje é o Ilê Orixá, onde todos são importantes, pois cada um é uma parte da representação de seu orixá no aye. Todos somos representação do sagrado que habita em cada um. Cada um de nós que está no Ilê Orixá é uma parte da fortaleza.

Não se consegue manter uma família religiosa construída sem estes pilares, pois a verdade e a fé sempre prevalecem e o tempo é quem conduz, a nossa religião, a nossa fé e também os caminhos que a fortaleza deve seguir. Que o axé de todos os orixás esteja sempre auxiliando a cada um na decisão certa no momento certo e que esta seja apenas mais uma roda para dançar ao sagrado em tantas outras que ainda estão por vir.

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - Ilê Orixá -2011 - Designer Ronie Ogum Onire

Publicado em 10/01/17 -  Revisão em 02/05/17 - Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. 

Tweetar