Prof. Pai Ronie de Ogum Onire Adiokô
Babalorixá no Ilê Orixá Ogum Adioko e Oya Tofã, Licenciado em Matemática pela Uniasselvi (2013), Pós-Graduando em Especialização em Mídias na Educação, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS.

 

O QUE É HUMILDADE NA RELIGIÃO AFRICANA?

Nwon fi o je oba, o nwe Àwúre; o fe je Olorun ni?
(Tendo-se tornado um rei você fica orgulhoso. Você quer tornar-se Deus?)

 

Para ser humilde, primeiramente é importante entender que de forma nenhuma está relacionado com a miséria, a pobreza ou falta momentãnea de recursos, uma pessoa pode ter um castelo e ser humilde, e ainda pode não ter nada e ostentar muito. Pode ser extremamente esclarecida, formada, e ser humilde e pode não ter formação nenhuma e ser muito humilde. A humildade não está relacionada a liderença ou cargo que ocupamos, em uma instituição, mas está presente em todos os líderes, religiosos ou não.

Somos humildes quando percebemos que não somos superiores a ninguém, que todos somos iguais, e que Orixá não nos faz melhor por sí só, se queremos ser melhor, é necessário trabalhar para isso, melhorar nosso comportamento, atitudes. O Orixá nos orienta, nos auxilia em caminhos certos, de acordo com a a nossa dedicação e conduta.

Para ser humilde é necessário respeitar o Orixá e a todos os demais. Somos humildes quando aprendemos a agradecer mais do que pedimos, quando não vemos a religião como forma de justificar nossas falhas, e também quando não a utilizamos apenas como forma de tentar um ascensão, quando batemos cabeça a um Orixá, sem precisar pedir nada, mas apenas para agradecer, quando batemos cabeça quando algo dá errado, sem questionar o porque, sem tentar achar culpados. Bater cabeça deve ser apenas por respeito, dá mesma forma que devemos bater cabeça também a nossos irmãos de axé.

A humildade pode ser ainda entendida como a forma de entender as pessoas, como elas são sem interessar a classe social ou nível de instrução de cada um.

Orixá é humildade e demonstra isso todos os dias que se manifesta, ajudando a todos que pedem e também aos que não pedem sua proteção, um Orixá também é humilde quando aceita aprender o que não conhece no aye, não basta dizer que é humilde e não bater cabeça, não cumprimentar os irmãos de axé, ignorar um Orixá, se recusar a ajudar e plantar a discórdia dentro da religião de matriz africana. Ser humilde e se manter corretamente, é a base da construção de uma sólida trajetória religiosa.

Um babalorixá ou yalorixá deixa de ser humilde quando muda suas atitudes, se sentindo melhor que seus irmãos de axé ou que seus filhos, pois na religião todos são iguais, respeito se conquista, não se impõe, e o exemplo é a melhor forma de conquista.

 

 

 
 
 

É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site, sem autorização por escrito - A apropriação indevida é crime. Para citar qualquel coisa deste site é preciso citar a fonte a autoria. Ilê Orixá -2011 - 2015 Designer Pai Ronie Ogum Onire -

Lei de Direito Autoral nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. 

* Texto escrito por Pai Ronie de Ogum , não autorizada a publicação em outros meios. Publicado em 10/07/2014

ATENDIMENTO COM HORA MARCADA

Rua Vidal Brasil, 559 - Novo Mundo - Gravataí - RS Fone: (51) 34974127 - 98382598 contato@ileorixa.com.br -

WhatsApp Pai Ronie 51 98382598 Pai Alexandre 51 82933850