O ritual da mesa de Ibeji

A mesa de Ibeji é sem dúvida um dos ritos que mais emociona no batuque, pois se percebe a contagiante emoção de cada criança que está participando, a expectativa que cada criança em saber o que irá receber, e também a emoção dos pais ao verem seus filhos sendo servidos.

Também é contagiante saber que cada um de nós pode naquele momento saber que está fazendo alguma coisa para ajudar, pois naquele instante para as crianças que estão participando é um momento de intensa alegria e emoção.

A mesa de Ibeji foi realizada como parte integrante da obrigação conduzida por Pai Alexandre de Oya Tofã que realizou assentamento de orixás no mês de abril para alguns de seus filhos, e é um rito obrigatório, antes do batuque de terminação.

O Ilê Orixá foi fundado com uma mesa de Ibeji e já tradição a sua realização no Ilê, e sempre que se realiza mesa nas dependências do Ilê já se sabe que muitas crianças estarão presentes, é sem dúvida um axé de muito movimento na casa.

Que todas as crianças que passaram pela obrigação levem para suas casas axé de saúde, paz, harmonia e também de fartura.

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 486 artigos
Pai Ronie é Licenciado em Matemática pela Uniasselvi, especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e cultura afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar