Conversa de inicio no toque em homenagem aos orixás Ogum, Oya e Odé

Texto: Pai Ronie de Ogum

Fotos: Alisson de Oxalá

Momentos antes do início do toque em homenagem aos orixás Ogum Bolá de Volnei, Oya Cará de Antonio e Odé Bemi de Vanize, agradecimento foi a palavra de ordem. Agradeceram a carinho dos irmãos do axé, a acolhida, aos seus orixás e demais membros da família Ilê Orixá.

Volnei de Ogum destacou que mesmo com chuva e as dificuldades impostas pelo mau tempo a homenagem aos orixás, foi destacado  ainda por Vanize de Odé que fez o que seu pai Odé imaginava um quarto de santo repleto de doces e frutas para serem ofertados a comunidade. Antonio de Oya ainda falou sobre sua felicidade em estar comemorando o aniversário de sua mãe Oya. Sem dúvida, emoção foi o sentimento de todos os presentes.

E agradecer é sempre o melhor caminho, pois ao se agradecer nos fortalecemos, muitas vezes nos faz ver o que erramos e também o que se pode melhorar, Pai Ronie e Pai Alexandre agradeceram aos filhos do axé que estavam na organização do xirê e desejaram que os orixás todos estejam sempre junto deles, os auxiliando, orientando e ajudando a conduzir sus vidas por caminhos do bem.

 

Alisson Leandro Dos Reis
Sobre Alisson Leandro Dos Reis 23 artigos
Alisson de Oxalá Bocum, foi iniciado por Pai Ronie de Ogum Adioko é filho consanguíneo de Cátia de Iansã Sessú, e no futuro será quem dará continuidade ao axé Ilê Orixá.

Seja o primeiro a comentar