Oya Tofã de Pai Alexandre faz 11 anos

A foto acima conta um pouco da história do Ilê Orixá, em especial um pouco da história de Oya Tofã de Pai Alexandre, que no último dia 11 de setembro, comemorou mais um aniversário de vasilha, de axé, de transformação e conquistas. Oya Tofã, teve seu assentamento realizado por Pai Sérgio de Xangô Aloxé, no ano de 2007, na mesma data em que Xangô Fumilayo de Mãe Fernanda foi assentado. No detalhe da foto os filhos que cumpriram obrigação em 2007, no Ilê Iná Xangô Godô Alóxé, no distrito de Morungava, na cidade de Gravataí.

Quando realizamos um assentamento de orixá temos oportunidade de mudar a nossa vida e dos demais, mas para isso é necessário saber compreender a função do sagrado, a responsabilidade que trás, os nossos deveres. Ao compreender isso todos podem ou não evoluir espiritualmente, cabe a cada um ser um agente da mudança. Pai Alexandre nesses 11 anos mostrou ser capaz de mudar vidas com o sagrado.

A cada novo ano novos também são os desafios a serem enfrentados, as batalhas a serem vencidas e sobretudo as pessoas a ajudar. O axé que recebemos dos orixás sempre deve ser compartilhado, pois desta forma é potencializado, o tornando cada vez mais forte. E o axé se fortalece com a fé de todos, com as atitudes corretas frente ao sagrado e sobretudo com nossa conduta.

Pai Alexandre de Oya Tofã agradece a todos os amigos, filhos e clientes que durante estes 11 anos participaram de alguma forma e deseja que a cada novo ano maiores sejam as condições para ajudar.

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 488 artigos
Pai Ronie é Licenciado em Matemática pela Uniasselvi, especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e cultura afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar