As religiões Afro em debate

Fotos: Pai Ronie de Ogum

Foi sediado na Câmera Municipal de Cachoeirinha,  nos dias 29 e 30 de abril de 2015, o seminário “O Combate Afroepistemológico à Intolerância Religiosa e a Afroteologia da Sacralização na Tradição de Matriz Africana, organizado AIA (Associação Internacional Afro-Umbandista), ESTAF, pela Prefeitura Municipal de Cachoeirinha, ATRAI e Egbè Òrún Ayé.

Na ocasião diversas autoridades religiosas participaram, debatendo assuntos da matriz africana. O seminário teve como mediador o Prof. Jayro Pereira de Jesus, teólogo afro e responsável por diversas publicações, além do Prof. Adriano Magliavaca, doutorando em Literatura Nigeriana pela UFRGS.

O O Ilê Orixá esteve representado por Pai Ronie de Ogum Adioko,  que foi um dos expositores, falou da representação da sacralização  na religião afro e seus pressupostos, Pai Alexandre de Oya participou do debate, levantando algumas indagações. Também estiveram representando o Ilê Orixá, Janaína de Oya, Silvana de Xangô, Sabrine de Oxum, Edgar de Xangô, Divina de Oxum e Cleber de Ossanha.

O Ilê Orixá agradece a todos que prestigiaram o seminário e deseja que 

 

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 571 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar