Construção coletiva de orikis

Fotos: Vanessa de Iansã

Na tarde da última sexta-feira, dia 13 de agosto, após a reunião para entrega de certificados aos filhos do axé que participaram de oficinas de aprendizagem e também que realziaram batizados de crianças receberem seus respectivos certificados, foi realiuzada a construção coletiva do oriki das crianças que foram batizadas no ano de 2020.

E para a efetivação e construção dos orikis, os filhos do axé se dividiram em três grupos grandes, ficando cada grupo responsável pela construção do oriki de uma criança, que após todos os presentes assinarem foi arquivo junto ao livro de registro de orikis do axé, compondo assim a história da criança.

Na ocasião foram agraciadas as crianças: Laura Sofia Rodrigues da Silva, Maria Luiza Rodrigues da Silva e Yago Rafael Moraes Ramos com o seu oriki, que passa a ser uma saudação ao seu ori sempre for necessário, como forma de revrenciar o ori e também de relembrar todo os pedidos realziados na ocasião da sua construção, conforme foi lembrado por Pai Ronie de Ogum Adioko.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 1048 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta