Ervas dos orixás: momento de aprender

Fotos: Priscila de Ogum

A Fortaleza Ilê Orixá se reuniu na última sexta-feira, dia 28 de fevereiro para aprender sobre ervas aos orixás, pois o axé é um espaço de aprendizado contínuo, onde todos que querem aprendem, e aprender é sempre necessário e importante.

A oficina, que reuniu dezenas de filhos e netos da casa para abordar as ervas dedicadas aos orixás no Ilê Orixá. Pai Ronie destacou a importância dos filhos do axé de compreenderem e saberem entender quais ervas são utilizadas, dentro do axé, pois independente das ervas utilizadas em demais terreiros, estão sendo definidas as que serão utilizadas, após consulta ao jogo de búzios, por Pai Alexandre de Oya e Pai Ronie de Ogum.

Foi ainda destacado por Pai Ronie que não adianta pegar um receita pronta do axé para ser utilizada fora, pois cada axé é único, e não são somente ingredientes mágicos que definem o resultado a ser atingido e sim todos os demais ritos e dinâmica do axé da casa que determinam os resultados. Pai Ronie ainda lembrou que a padronização das ervas no axé implica em um projeto maior, onde todo o axé está passando por processo de regulamentação e padronização, a ser utilizado por todos que estão vinculados.

Pai Alexandre salientou que é preciso todos conhecerem as ervas que o axé utiliza, inclusive plantas que podem ser utilizadas em conjunto e outras que não podem ser utilizadas, Pai Ronie lembrou ainda que algumas plantas não podem ser utilizadas para banhos, embora sejam pertencentes aum determinado orixá.

Pai Ronie e Pai Alexandre agradeceram a presença de todos, que participaram e se dedicaram a aprender, quem embora o cansaço dedicaram horas de descanso para estarem ali, sentados para aprender mais.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 838 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar