Intervalo no toque en homenagem aos orixas Ogun e Iansã

Texto: Pai Ronie de Ogum Adioko

Durante o intervalo do toque em homenagem aos orixás Ogum e Iansã, na noite do dia 21 de julho foram servidos doces, amalá, torta dentre outros doces e petiscos que serviram para aquecer um pouco a noite fria durante o intervalo do tambor. É comum durante homenagens aos orixás ser servido alguma coisa, quanto mais se serve mais se recebe pois orixá é sempre fartura.

Este xirê foi fechado aos filhos do axé e a comunidade local, e alguns amigos e clientes próximos, não foi uma festa aberta e também não foi convidada nenhuma casa de religião, o que fez com que a energia da festa estivesse restrita ao próprio axé.

Pai Ronie de Ogum e Pai Alexandre de Oya agradecem a Cátia de Iansã, Letícia de Iansã e Jorge de Ogum, e especial a Mãe Fernanda de Xangô pela doação do amalá que foi servido, e aos filhos que doaram alguns doces para a homenagem aos orixás.

Fotos:  Alisson de Oxalá

 

 

 

 

 

 

 

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 1048 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta