Mesmo com chuva orixá Bará é reverenciado

O dia 31 de março, foi mais uma data de contemplar os orixás, mais uma data de se ajoelhar ao sagrado, data de mais um toque em homenagem a Oya Tofã e seus filhos.

Como nunca se deixou de fazer o orixá Bará é sempre reverenciado na rua antes de se iniciar uma obrigação, as devido a chuva que havia caído um pouco antes a sua reverência não pode ser realizada no cruzeiro, e foi realizada somente na frente de Bará Lodê e Ogum Avagâ.

Nesta obrigação, além dos orixás Bará Lodê e Ogum Avagã de Pai Alexandre e de Pai Ronie, também estavam na casa de Lodê e Avagã os orixás Lodê e Avagã de Mãe Fabiana de Oxum.

É sempre um momento de alegria, de agradecimento e também de contemplação poder saudar estes orixás. Que o axé de Lodê e Avagã seja para abrir novas portas, novas oportunidades, novos caminhos.

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 662 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar