Plataforma restrita aos filhos

O Ilê Orixá disponibilizou a partir do dia 1 de maio o acesso restrito aos filhos do axé. Com esse acesso restrito todos ligados ao axé que se cadastrarem no sistema passam a ter consulta a sua vida religiosa dentro do axé, tornando dessa forma ainda mais próxima a casa de todos os seus filhos e netos.

O projeto que já havia sido planejado a mais de dois anos, foi recentemente atualizado e já está plenamente em uso, o que permite que todos os filhos do axé se cadastrem e tenham acesso a uma gama de informações que são exclusivas aos filhos da casa e individualizadas para cada um que estiver logado no sistema.

O sistema foi organizado e planejado por Pai Ronie de Ogum e conta o auxílio de Zulamir de Oxum, que é filha de Pai Alexandre de Oya para a atualização de todas as fichas relativas as obrigações, já que todas as atividades dentro do axé são registradas e arquivas preservando a história de tudo que o axé produz.

Axé sempre em movimento.

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 758 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar