A alegria da roda na homenagem da véspera do dia dos pais

Alegria, é o que melhor expressa o sentimento dos filhos do axé durante uma roda, pois está expressa no olhar de cada um, nos gestos de carinho. No Ilê Orixá dançar para o orixá é alegria, é paz, é harmonia, pois na dança podemos expressar o que sentimos, não é momento de se retrair. 

A religião africana é alegre por excelência, pois não é necessário sentir sofrimento para acreditar, para louvar o sagrado, orixá é sim alegria que transborda no coração de cada um.

E foi com este sentimento de muita alegria e harmonia que o Ilê orixá dançou em homenagem aos orixás de Volnei de Ogum, Vanize de Odé, Letícia de Iansã, Cleber de Ossanha, Letícia de Iansã, Jorge de Ogum e Antonio de Oya, 

Que a alegria presente no coração de cada um esteja sempre presente na vida de todos, possibilitando que a vida ande sempre pra frente, criando possibilidades e conquistas.

 

 

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 889 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar