A balança da obrigação

A realização da balança em obrigações de 4 pé já faz parte do batuque gaúcho, que neste rito pede que Xangô determine o seu posicionamento na obrigação, se a obrigação foi leve, também será leve e tranquila a obrigação, mas se não tenha sido tão leve a obrigação a balança também não será.

Assim a balança é o termômetro da obrigação nos mostrando como está a energia da obrigação, e de que forma ela transcorreu até chegar ali, no dia 25 de setembro de 2020, data de comemoração dos 13 anos de Oya Tofã de Pai Alexandre e comemoração dos 9 anos de fundação da Fortaleza Ilê Orixá, a balança como em todas as demais datas do axé foi leve e tranquila, tendo sido realizada somente com filhos, já que a obrigação foi fechada a gôa religiosa.

Que da mesma forma que este axé foi realizado seja também a vida de todos da Fortaleza, sempre em equilíbrio, com força, serenidade e tranquilidade possibilitando que o axé de todos os orixás seja sempre somada para gerar a paz na vida de cada um.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 917 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar