Confraternização com alguns filhos do axé contagia Ilê

No final de tarde do último dia 21 de setembro, sexta, foi realizada confraternização com alguns filhos do axé que presentes, pouco antes de iniciar a reunião para organização dos últimos detalhes para a obrigação de Ogum Adioko e obrigação de filhos do axé.

Confraternizar é também momento de distração, de carinho entre todos. Momento de rir, as vezes de extrapolar, de brincar, mas acima de tudo é momento de unir forças de buscar objetivos comuns, confraternizar é celebrar as amizades, a união de todos. Confraternizar também é minimizar conflitos, pois todos temos.

Que todos possam buscar sempre o caminho da tolerância, da união de forças e acima de tudo o caminho do respeito mútuo. Que o axé de todos, o axé da coletividade seja sempre maior que o individual.

Pai Ronie e Pai Alexandre agradecem aos filhos e desejam que momentos como este sejam multiplicados, construindo uma família cada vez mais sólida.

Alexandre Silveira dos Reis Pai Alexandre de Oya Tofã
Sobre Alexandre Silveira dos Reis Pai Alexandre de Oya Tofã 19 artigos
Pai Alexandre de Oya Tofã, é Licenciado em Ed. Física pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), é Especialista em História e Cultura do Rio Grande do Sul, é professor da Rede Estadual de Educação do RS e babalorixá no Ilê Orixá

Seja o primeiro a comentar