Filhos do axé se confraternizam para iniciar o ano

Após a reunião anual com os filhos do axé, ocorreu na cozinha do Ilê confraternização com todos, em um momento de descontração, de brincadeiras e também de acolhimento.

A partir destes momentos se consegue integrar melhor os filhos uns com os outros, e é momento ideal para novos filhos do axé conhecerem melhor seus irmãos de axé.

Cada casa possui sua rotina, suas normas, sua forma de fazer religião e também de se integrar, não existe uma única forma, não se pode dizer qual a forma que melhor funciona, mas o Ilê Orixá, possui como forma conduzir o seu dia a dia, regido sempre pela união entre todos, pelo respeito mútuo.

Confraternizar é renovar energias, é se fortalecer com o grupo e principalmente minimizar diferenças entre todos, pois em uma casa de axé devemos sempre buscar o que nos une e nunca o que nos separa.

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 571 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar