Filhos que participaram do toque em homenagem aos orixás Ogum, Oya e Odé

A família é sempre a base, é ela quem orienta, mostra os caminhos a serem seguidos e os passos que devemos dar, pois todos aprendem todos os dias em conjunto, por isso todos devemos aprender a amar nossa família religiosa, a conviver com as falhas, com os erros, pois todos podem errar, como se diz errar é humano. Mas são os acertos que sempre devem prevalecer, e a família Ilê Orixá com certeza possui muito mais acertos.  É constituída de pessoas variadas, de personalidades  variadas, vivências diferentes. e todos são unidos por essas diferenças.

Volnei de Ogum, Antonio de Oya e Vanize de Odé, foram os responsáveis por mais esta festa que uniu a família para saudar o sagrado que habita cada um. Para a religião africana todos são igualmente iguais, em direitos e também em deveres, não somos nunca superiores pelo nosso tempo, por nossa instrução, renda ou quaisquer outras atitudes, somos sempre todos um.

Pai Alexandre de Oya e Pai Ronie de Ogum, agradecem a todos que prestigiaram o xirê e deseja que esta família permaneça cada vez mais unida e forte.

Alexandre Silveira dos Reis Pai Alexandre de Oya Tofã
Sobre Alexandre Silveira dos Reis Pai Alexandre de Oya Tofã 18 artigos
Pai Alexandre de Oya Tofã, é Licenciado em Ed. Física pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), é Especialista em História e Cultura do Rio Grande do Sul, é professor da Rede Estadual de Educação do RS e babalorixá no Ilê Orixá

Seja o primeiro a comentar