Ossanha e Iansã irão reger 2021

Cosi euê

Cosi orixá

Euê ô

Euê ô orixá

Sem folha não tem sonho
Sem folha não tem vida
Sem folha não tem nada
Quem é você e o que faz por aqui
Eu guardo a luz das estrelas
A alma de cada folha
Sou aroni
Eu guardo a luz das estrelas
A alma de cada folha
Sou aroni[1]
Cosi euê
Cosi orixá
Euê ô
Euê ô orixá
Sem folha não tem sonho
Sem folha não tem festa
Sem folha não tem vida
Sem folha não tem nada
Eu guardo a luz das estrelas
A alma de cada folha
Sou aroni
Fonte: Musixmatch Compositores: Mario De Andrade / Geronimo Santana Duarte / Ildasio Tavares
[1] Aroni é um orixá relacionado aos segredos das plantas. Considerado parceiro de Ossanha na floresta, conhecedor de todos os segredos e poções mágicas.

No último dia 19 de novembro Pai Ronie de Ogum Adioko e Pai Alexandre de Oya Tofã após realizarem o jogo de búzios, foi determinado que o ano de 2021 será regido para a Fortaleza Ilê Orixá pelos orixás Ossanha e Iansã no primeiro semestre, ou seja serão os orixás que irão receber o ano de 2020 dos orixás Oxum Docô e Orumilaia, já que estes últimos são os regentes do segundo semestre de 2020.

Há vários anos que a Fortaleza não segue o calendário previsto para sequência dos orixás que irão reger um determinado ano de acordo com o dia da semana, por entender que os axés são únicos, que cada terreiro é único e dessa forma os fatores que o influenciam também são únicos, não compreendendo dessa forma existir um orixá regente que seja para toda uma cidade, um estado ou um país, claro que se respeitamos todas as opiniões em contrário, mas seguimos orientados pelos orixás, e em especial por Xangô que é bandeira de Pai Ronie de Ogum e de Pai Alexandre de Oya.

Ossanha é o orixá dono de todas as folhas, da vegetação, responsável dentro do batuque gaúcho pela cura de muitas doenças pois é o orixá considerado médico pelo povo batuqueiro, Iansã é o orixá dos ventos e tempestades e do movimento.

Odé representa o foco da vida, os objetivos e a fartura que todos buscam e precisam e Iemanjá é o orixá que nos conduz por bons pensamentos, nos cuida e no guia, como grande mãe que ela é, assim nos braços de Odé e Iemanjá encerraremos o anos de 2021.

Fonte imagem: Domínio público. Se você for o autor favor comunicar para citar a fonte

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 917 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar