Confraternização com alguns filhos do axé

Após a reunião anual para organização do ano religioso no Ilê Orixá, foi realizada confraternização, uma forma sempre de integrar todos filhos, os novos com os mais velhos, pois todos dentro do axé são sempre iguais, independente do tempo que exista de obrigação.

Esses momentos diferenciam nosso axé, que mesmo tratando com muita seriedade cada instante religioso e organizacional, também possui momentos de completa integração, o que faz com que os laços de família se fortaleçam a cada dia mais dentro os membros do axé.

Pai Alexandre de Oya e Pai Ronie de Ogum desejam que os momentos como este estejam sempre presentes, destacando sempre o espírito de cooperação de ajuda mútua e também de alegria, pois com amor e alegria todas as coisas ficam mais fáceis de serem realizadas.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 768 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar