Julho é o mês de Odé e Otim

Este mês a Fortaleza Ilê Orixá dedica aos orixás da caça, aos orixás que são incansáveis em buscar o que querem e sempre estão correndo para que todos tenham sempre o alimento na mesa, que tenham saúde e também um vida plena de realizações.

Embora Odé seja um orixá que caça, é importante sempre lembrar que a sua caça não é esportiva e sim a caça pela sobrevivência, a caça para ter o alimento, a caça para matar a fome, pois para ele os animais devem sempre serem respeitados e muito bem cuidados.

São orixás extremamente ligados com a natureza e a preservação das florestas, por isso muito ligados com frutos silvestres e nativos, que muitas vezes são encontrados somentes nesses locais.

É muitas para Odé e Otim que pedimos quando estamos sem foco na vida quando buscamos alguma coisa que parece ser difícil de ser atingida, pois Odé busca onde estiver, consegue sempre encontrar o que quer, é incansável.

Que neste mês de Odé e Otim todos consigam conquistar o que precisam, que solucionem os problemas mais difíceis, mas que principalmente não falte alimento na mesa de ninguém e que todos tenham sempre condições de uma bela mesa cheia de alimentos. Axé da Fortaleza!

Julho é o mês de Odé e Otim
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 1264 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar