Momentos antes de iniciar a festa

A noite do dia 26 de outubro sem dúvida será uma noite que irá ficar na memória de muitos, uma noite em que todo do axé estavam em uma mesma sintonia, uma mesma energia, uma noite perfeita para uma obrigação também perfeita.

Antes do início da festa de terminação os os filhos do axé estavam todos atentos para as últimas palavras, para escutar os agradecimentos, que sem dúvidas foram muitos.

Uma noite de refletir de como o axé cresceu, se expandiu e como a família Ilê Orixá está a cada dia mais unida, pelas diferenças, por que o somos iguais e também acima de tudo pela fé no sagrado.

14 anos de Ogum Adioko, hora de lembrar de cada passo dado, de cada um que sempre esteve junto, de cada um que não acreditou, dos que sempre acreditaram, mas acima de tudo hora de lembrar que o mais importante é que em todos os momentos a fé no sagrado, em Ogum Adioko esteve sempre acima de tudo, pois acreditar em Adioko é saber que a vitória é sempre certa.

Noite apenas de agradecer por todos, os amigos presentes, o desempenho do filho do axé, que sem dúvida superou todas as expectativas, o trabalho incansável de Pai Alexandre de Oya Tofã para que toda a obrigação fosse perfeita, conseguindo reunir toda minha família carnal, inclusive com a ligação de minha irmão do Estados Unidos antes de iniciar.

Hora de agradecer a todos que passaram pelo Ilê Orixá, em todos estes anos de fundação, pois com todos que passam aprendemos algo, que sempre se soma e nos faz ser quem somos hoje, e o Ilê Orixá é hoje uma Fortaleza por todos que estão no axé, pelos que saíram e por todos mais que de alguma forma deixaram suas marcas. Axé a todos e muito obrigado!

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 686 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar