No Ilê Orixá se faz lanche no natal

Fotos: Vanessa de Iansã

Natal é dia de festa, dia de ganhar brinquedo, dia de brincar, é dia de criança ser criança, de fazer um lanche e deixar a vida mais doce, pois é como deve ser a vida de cada criança. É dia da criança se deixar levar junto com outras crianças pelo mundo da fantasia que existe dentro de cada uma delas.

Para a família da Fortaleza Ilê Orixá o natal é coisa séria, pois é uma forma de ajudar, de criar sorrisos, de mostrar que sempre se pode tornar o dia um pouco melhor, sempre com respeito ao outro. Natal deve ser momento de felicidade e para isso cada um pode se doar um pouco para ajudar.

A Fortaleza Ilê Orixá tem muito orgulho em dizer que já fazem oito anos que a festa de natal é construída dentro do axé para a comunidade local, uma forma de abrir as portas do axé para quem durante todo o ano apoia o axé, é uma das atividades que existem dentro do axé, pode não ser muito o que se faz, mas para os que são assistidos faz a diferença.

Obrigado a todos os filhos do axé, netos, amigos e demais pessoas que se envolvem em atividades sociais dentro da casa, permitindo que estes momentos sejam eternizados nos corações de cada um. Obrigado aos que acreditam que sempre podemos melhorar ainda mais, e também aos que nos criticam, pois a crítica é combustível que nos alimenta para buscar a cada dia mais superação e força para estar sempre na busca do melhor.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 768 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar