Saída do tabuleiro do Ilê Orixá

No último dia 21 de dezembro, os filhos do axé Ilê Orixá reuniram-se na sua sede para saída do tabuleiro de encerramento do ano de 2019. Estiveram presentes além de Pai Ronie de Ogum e Pai Alexandre de Oya, Mãr Cátia de Iansã, de Capão da Canoa, Mãe Adriana de Iansã de Sapucaia e Mãe Alessandra de Iansã de Sapucaia, que saíram para entrega de tabuleiro de agradecimento pelo ano de 2019, e de pedidos para o ano de 2020.

Após saírem do Ilê Orixá, se deslocaram, em diversos carros até o distrito de Morungava, na cidade de Gravataí, onde o Ilê Orixá possui um sítio plenamente dedicado ao axé, o Sítio Ilè Ifè, que no meio da mata nativa possui córregos com água corrente, que abriga também um lado artificial construído e utilizado para os ritos religiosos do axé.

A hora de saída do tabuleiro do axé é onde percebemos tudo o que fizemos durante o ano, hora de agradecer por tudo de refletir e também de lembrar de tudo que já se viveu dentro do axé, pois com um tabuleiro o axé iniciou. Somente quem sabe a história do axé entende.

Pai Ronie de Ogum Adioko
Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 758 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar