Pai Ronie de Ogum e Pai Alexandre de Oya

Fotos: Tiago / Ijexá Produtora Afro

Cumprir uma obrigação no meio da mata aos orixás é sem dúvida uma experiência única e especial, mais especial ainda quando a mata que estamos foi o início de tudo. Pois nessa mata há mais de 10 anos, foram realizados os primeiros ritos que mais tarde dariam início ao axé da Fortaleza.

Também na água que corre nessa mata é que o primeiro tabuleiro foi realizado, na beira da água, para desenrolar e adquirir a sede onde hoje a Fortaleza IlÊ Orixá está sediada, assim este é um espaço todo especial, um espaço de dedicação e culto aos orixás., um espaço de fé e também de via.

O Sítio Ilê Ifé também fica próximo ao sítio do Ilê de Xangô, onde foram assentados por Pai Sérgio de Xangô, os orixás que hoje conduzem o axé da Fortaleza Ilê Orixá, tornando o local cheio de memórias e também de lembranças que fazem parte de nossa história religiosa.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 1135 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar