Substituição do Pagodô do Ilê Orixá

Foi substituído na manhã de hoje o pagadô que acompanhava o Ilê Orixá desde a sua fundação. O antigo que já havia sido retirado do Ilê Orixá antes do bori de Pai Ronie foi doado para o axé, e desde a saída os toques ocorriam em cadeiras do salão dos orixás. O novo pagodô, confeccionado agora em MDF está mais de acordo com novo layout da casa e também o axé da casa.

Construído pelas mãos de Anderson de Xangô, de Capão da Canoa, filho de Pai Alexandre de Oya Tofã, o pagodô agora com o axé de Xangô, em breve já sendo usado para os toques rituais no tambor, mostrando assim que o axé sempre pode ser renovado, sempre para movimentar.

Que o axé de Xangô, que vive no som do tambor ao ser ecoado de cima do pagodô reflita em todos os lugares, levando sempre a justiça, a harmonia e o equilíbrio para cada um, e em especial que Xangô abençoe acada dia mais a vida de Anderson de Xangô Godô pelo presente aos orixás.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 924 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar