Um pouco do intervalo da festa

No último dia 25 de setembro deste ano foi a data de comemoração dos 13 anos de Oya Tofã de Pai Alexandre de Oya, que este ano devido a pandemia não ocorreu na data que deveria ter ocorrido no mês de abril, não foi uma festa aberta como ocorre todos os anos desde a fundação do Ilê Orixá, mas não faltou emoção, alegria e dedicação de todos por mais essa etapa que sem dúvida deixou marcas no coração de cada um.

E como em toda a festa não faltaram momentos de descontração no intervalo para degustar comidas tradicionais de axé, como amalá, canja, carne da obrigação assada, acarajé, atã e diversos tipos de doces entre tantos outros tipos de comidas tradicionais que foram servidas, em uma noite de bastante fartura e axé para todos.

Que o axé de todos os orixás e fartura existente na noite seja estendida para a casa de todos que passaram na comemoração deixando a vida de cada um mais leve e tranquila, com saúde e disposição para seguir em frente todos os dias.

Sobre Pai Ronie de Ogum Adioko 835 artigos
Licenciado em Matemática (Uniasselvi), Graduando em Química (UNIP), especialista em Mídias para educação (UFRGS), especialista em história e Cultura Afro (Uniasselvi). É babalorixá no Ilê Orixá, escritor, professor e estudioso da religião de matriz africana.

Seja o primeiro a comentar